Notícias

MS divulga atualização das recomendações do uso de ribavirina para o tratamento da hepatite C no SUS.

Prezados (as) Senhores (as),

Nos últimos cinco anos o tratamento para hepatite C passou por importantes avanços mudando a história natural do agravo, que deixou de ser considerado uma doença de tratamento complexo e com baixa probabilidade de cura. Com o desenvolvimento dos Antivirais de Ação Direta (DAA), incorporados no ano de 2015 no SUS, o Brasil passou a disponibilizar medicamentos capazes de conferir a Resposta Virológica Sustentada (RVS) em mais de 95% dos casos.

Com o objetivo de manter as orientações Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas de Hepatite C e Coinfecções consonantes com as melhores evidências disponíveis, garantindo recomendações modernas e alinhadas com a garantia da eficácia, segurança e melhor relação de custoefetividade, o Ministério da Saúde por meio de seu Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), passa a dispor as seguintes alterações na recomendação de uso da ribavirina no tratamento da Hepatite C no SUS.

Para ler o documento na íntegra, clique no link abaixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: